Concurso EPE: dispensa define Cebraspe como organizadora

Concurso EPE começa a ganhar forma! Na última segunda-feira, 5 fevereiro, o Cebraspe foi oficializado como banca organizadora do próximo Concurso EPE. Planejamento da empresa prevê provas ocorrendo ainda este ano.

A EPE chegou a iniciar os preparativos para uma seleção no início do ano passado, tendo inclusive definido a Fundação Cesgranrio como organizadora. Contudo, o processo foi posteriormente anulado e a seleção postergada. Na ocasião, eram previstas contratações para cargos de níveis médio e superior em diversas áreas.

Desta vez, o Concurso foi confirmado na Lei Orçamentária de 2019. Estão sinalizados cerca de R$2 milhões para o pleito. O próximo passo da seleção, agora que definida uma nova banca organizadora, será a elaboração do edital. Segundo fontes ligadas à empresa “somente a partir de fevereiro haveria nova definição de quando efetivamente irá ocorrer a publicação do edital”.

 

Conheça melhor a EPE

A EPE é uma empresa pública independente, criada em 2004 e ligada ao Ministério de Minas e Energia. A função da empresa é prestar serviços de pesquisa e planejamento em setores energéticos do país (energia elétrica, petróleo, gás natural, fontes energéticas sustentáveis, etc), ajudando o país a encontrar avanços e soluções para os problemas do país ligados a isso.

Para os candidatos de nível médio, o cargo oferecido deverá ser o de assistente em administração, ligado à rotina administrativa da empresa. Já para o nível superior serão diversos cargos, em áreas como o Jurídico, a Contabilidade, Economia de Energia e Recursos Energéticos, Meio Ambiente, Exploração e Produção de Petróleo, entre outros.

Os vencimentos iniciais para quem assumir a vaga de nível médio são de R$3.905,89 por 40 horas semanais de trabalho. Já os graduados recebem R$11.390,05 pela mesma carga horária. O diferencial do trabalho na EPE fica por conta dos ganhos extras. Os funcionários da empresa recebem uma série de benefícios mensais, como:

✔ Assistência Médica e Odontológica de R$428,50;

✔ Auxílio-alimentação de R$735,98;

✔ Auxílio-transporte de R$163,73;

✔ Auxílio-creche de R$1.039,61 (integral) ou R$581,98 (parcial);

✔ Previdência Privada Complementar;

✔ Vale-cultura de R$50;

 

A última prova EPE para assistente de apoio administrativo

O último Concurso EPE, que contemplou o cargo de assistente de apoio administrativo, ocorreu no ano de 2014. Na época, foram abertas 343 vagas para formação de um cadastro de reservas, ao qual a EPE recorreu ao longo do tempo de validade do concurso.

O concurso para o cargo de nível médio, Assistente Administrativo, foi constituído de etapa única, apenas a de provas objetivas. Foram ao todo 40 questões que valiam 100,0 pontos, sendo subdivididas em provas de:

- Língua Portuguesa (10 questões), sendo 5 com valor de 2,0 pontos e 5 de 4,0 pontos, subtotalizando 30,0 pontos;

- Língua Inglesa (10 questões), sendo 5 com valor de 0,5 ponto e 5 de 1,5 ponto, subtotalizando 10,0 pontos;

- Noções de Informática (10 questões), sendo 5 com valor de 2,0 pontos e 5 de 4,0 pontos, subtotalizando 30,0 pontos;

- Matemática (10 questões), sendo 5 com valor de 2,0 pontos e 5 de 4,0 pontos, subtotalizando 30,0 pontos.

Candidatos com rendimento abaixo de 50% de aproveitamento na etapa discursiva foram automaticamente eliminados do concurso.

Publicado: 05 de fevereiro de 2019